Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Notas Paralelas

Um espaço para escrever sobre coisas e acontecimentos que me despertam

Notas Paralelas

Um espaço para escrever sobre coisas e acontecimentos que me despertam

11.Fev.18

A forma da água

 Estamos em plena época de filmes para os óscares. Há muitos filmes bons em cartaz e quem ganha somos nós, os espectadores de cinema. Tive a oportunidade de ver vários dos filmes que estão nomeados para os óscares e já escolhi o meu favorito, a forma da água.

O the post, é grande filme, bem realizado, com grandes actores, um grande argumento e uma fotografia impressionante, no entanto, há algo que não me cativou. Não sei bem o quê, penso que o filme é um pouco inconsistente e endeusa o comportamento dos jornalistas, como se estes tivessem sempre um comportamento ético irrepreensível, talvez até seja assim, no entanto quem está sujeito a pressões ético-morais tão intensas, tem certamente uma pressão interior muito maior do que aquela que o filme mostra, este é ponto fulcral onde o filme não me convenceu. O filme a hora mais negra sobre o desempenho de Churchill durante a segunda guerra mundial é também um grande filme, o desempenho do actor principal é impressionante, mas a história em sí não é fascinante. Um filme de que gostei muito foi o jogo da alta roda, a história é fascinante e o desempenho de Jessica Chastain é impressionante, é uma grande actriz, das melhores.

Apesar de todos estes grandes filmes, o filme a forma da água foi o de que mais gostei. Uma história diferente sobre uma história de amizade e amor entre um montro e uma rapariga sonhadora um pouco deslocada e reprimida pela sociedade. O filme passa-se num laboratório militar de segurança máxima nos EUA nos anos 60. Todos os cenários do filme são espectaculares, principalmente o Cadilac conduzido pelo vilão da história e as músicas que vão ilustrando os acontecimentos. O filme relata a história entre uma empregada de limpeza do laboratório e um monstro trazido da América do Sul para ser investigado. Durante o filme a empregada de limpeza vai-se aproximando do monstro e ambos vão desenvolvendo uma amizade apesar de não comunicarem por palavras, apenas por emoções. As chefias do laboratório decidem matar o monstro para o estudarem e a empregada de limpeza decide salvá-lo, retirando-o do laboratório, o que consegue com a ajuda de alguns cumplices. Leva-o para casa e aí ele fica alguns dias, desenvolvendo-se entre eles uma estranha história de amor. Ao fim de alguns dias ela liberta-o num canal, aproveitando as chuvas que vieram, e aí acontece uma cena definidora de toda a história, que não vou revelar para não estragar o filme a quem ainda não o viu.

Esta altura dos óscares é sempre muito interessante porque o tempo é frio e convida a ir mais ao cinema e, os cinemas estão com muitos filmes em cartaz interessantes. Sem dúvida que a última semana de Janeiro e as duas primeiras semanas de Fevereiro podem ser assinaladas no calendário como as semanas do cinéfilismo.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.